Novas maneiras de praticar yoga — Via Verde
Descobrir Portugal
Yoga
Top
  • Bem-Estar

Novas maneiras de praticar yoga

O yoga já não é o que era! Quer dizer, continua a ser uma prática com inúmeros benefícios físicos e mentais. Mas agora pode ser feito em cima de uma prancha, pendurado do teto ou a 40 graus. Conheça as novas maneiras de praticar yoga.

14 de julho 2020
1 Paddleboard Yoga

Paddleboard Yoga

E quando práticas de origem indiana se misturam com modalidades vindas do Hawai? Aí, temos o Paddleboard Yoga! E aqui a palavra equilíbrio ganha toda uma nova dimensão! É que, tal como o nome indica, esta atividade exige que os exercícios de yoga sejam feitos em cima de uma prancha de paddle. Claro está, tem que ser praticado dentro de água mas quando for fazer a sua estreia convém escolher locais mais calmos e com poucas ondas, como uma albufeira. 

2 Yoga Tónico

Yoga Tónico

Não. Este não é um tipo de yoga que se faz de gin tónico na mão. Aliás, convém mesmo que tenha o corpo e a mente bem libertos porque estamos a falar de um treino puxado e intenso. A criação é do professor Jean-Pierre Oliveira que desenvolveu um programa onde o trabalho corporal, as posturas psicofísicas e os exercícios respiratórios se fundem. Partindo da saudação ao sol, acrescentam-se movimentos desenvolvidos por B.K.S. Iyengar, um dos gurus do yoga, para além de técnicas de respiração consciente e elementos do Yoga Nidra. Confuso? Então o melhor mesmo é experimentar uma aula com este professor certificado pelo Yoga Alliance EUA. Decorrem em vários espaços de Lisboa e até pode experimentá-las gratuitamente.

3 Yoga suspenso

Yoga suspenso

Do teto pende um pedaço de tecido onde os praticantes se sentam. Começa-se por baloiçar e, por momentos, regressamos à infância. Relaxamento feito e confiança ganha, é agora tempo de ficar de pernas para o ar. Falamos do Yoga Suspenso, uma modalidade criada por um americano especializado em ginástica aérea que resolveu juntar a atividade milenar a verdadeiras acrobacias. O que, à partida, se pode revelar assustador, rapidamente é superado pela sensação de bem estar, de corpo liberto de tensão, de coluna esticada e músculos mais fortes. Experimente e sinta a sensação de ficar, literalmente, a centímetros do chão.

4 AcroYoga

AcroYoga

Continuamos com acrobacias mas desta feita numa modalidade que leva estes exercícios mais à letra. Aliás, basta ver imagens da prática de AcroYoga para percebermos que é exigente mas não impossível. Foi criada pelo casal Jason Nemer e Jenny Sauer-Klein, experientes praticantes de ginástica acrobática, yoga e até de atividades circenses. A filosofia envolve três elementos — os ensinamentos do yoga, a energia e a dinâmica da acrobacia e o poder das artes curativas. Pode ser feito a dois ou em grupo e, seja como for, vai aumentar muito, a sua capacidade física e a confiança, em si e nos outros. E despertar o artista do Cirque de Soleil que há em si!

5 Hot Yoga

Hot Yoga

Se der por si fechado numa sala com perto de 40 graus de temperatura e 40% de humidade não se assuste — isso é Hot Yoga. Também conhecido como Bikram Yoga, foi inventado por Bkiram Choundhury na década de 1970, tendo-se tornado particularmente popular nos Estados Unidos e, depois, no resto do mundo. Em Lisboa pode praticá-lo na Yoga Live Academy. Mas atenção que ao contrário de grande parte dos estilos de Yoga, este não é mesmo para todos. Devido à temperatura e à humidade, pessoas com problemas cardíacos ou hipotensão devem optar por modalidades mais fresquinhas.

Sugestões relacionadas