Descobrir Portugal
Cortes do Meio
Artigo
  • Natureza e Ar Livre

Cortes do Meio, a Capital das Piscinas Naturais

No coração da Serra da Estrela existe uma localidade conhecida pela sua beleza natural. Conheça as incríveis piscinas de Cortes do Meio.

12 de agosto 2020

A 15 km da Covilhã, estendendo-se entre o planalto das Penhas da Saúde e a planície de Ourondinho, encontramos Cortes do Meio.

Tirando o melhor partido da sua posição, bem no coração da Serra da Estrela, esta localidade serrana é conhecida pelos cursos de água e lagos, de tal modo que lhe valeu o título de “Capital das Piscinas Naturais”.

E são 12 as piscinas acessíveis a quem está de visita. Localmente, chamam-lhe “poços” e surgem ao longo da Ribeira das Cortes, na vertente sul da serra.

Cortes do Meio
Nem todos os acessos são fáceis. Alguns destes pontos de água estão perto da estrada, outros exigem uma boa caminhada, mas todos são marcantes.

Os vários poços têm nomes como Fatela, Ponte Velha, Monteira, Azenhas ou Forno Velho, entre outros, repletos de cascatas, ruínas de antigos moinhos ou espaços agradáveis para descansar à sombra. O Poço da Formiga é um dos maiores, com uma cascata que se pode descer e uma ponte que dá acesso ao Poço do Combarão, mesmo ao lado. Já o Poço do Funil e o Poço da Cascata são tidos como dos mais bonitos desta região.

Nesta paisagem semi-glaciar, que se cobre de neve no inverno, é no verão que mostra encantos naturais únicos e oferece banhos em águas frescas e cristalinas.

Desafio

Conquistador de cascatas

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Praia Fluvial de Cortes do Meio

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Sugestões relacionadas