Grande Rota do Bussaco — Via Verde
Descobrir Portugal
Mata Nacional do Bussaco
Artigo
  • Natureza e Ar Livre

Grande Rota do Bussaco

A conhecida Mata Nacional do Bussaco é agora centro de uma grande rota que nos leva a conhecer o melhor da região.

18 de novembro 2020
Conhecida como a “floresta relíquia”, e citada no passado por grandes autores portugueses, a Mata Nacional do Bussaco sempre atraiu visitantes de todo o mundo. Este local de rara beleza natural tornou-se agora no epicentro de caminhos que levam a descobrir o melhor desta região.
 
A Grande Rota do Bussaco é um percurso linear, em forma de estrela, que se estende por 56 km, incluindo três importantes concelhos: Mealhada, Penacova e Mortágua.
 
Com o objetivo de promover o potencial natural deste território, esta rota é também uma viagem pela história, cultura e gastronomia locais.
 
O troço que leva da Mealhada ao Bussaco permite a descoberta dos vinhos regionais, através dos vinhedos, caves e adegas. É um caminho para também conhecer a Vila Termal do Luso ou provar o famoso Leitão da Bairrada.
 
Já entre Mortágua e o Bussaco, o percurso e as aldeias contam a história da passagem das tropas napoleónicas pela região. Um passado também recordado no Convento de Santa Cruz, já à entrada da Mata do Bussaco, e que serviu de base de operações ao General Wellesley e ao Duque de Wellington.
 Mata Nacional do Bussaco

Redescobrir a Mata do Bussaco

Com 105 hectares, a Mata Nacional do Bussaco, para além de um património histórico único, oferece uma fauna e flora extraordinárias, sendo que parte do percurso entre a Mealhada e o Bussaco inclui o Trilho das Árvores Notáveis. São mais de 6 km por entre 250 espécies diferentes de árvores e arbustos, algumas introduzidas naquele local pela Ordem dos Carmelitas Descalços, no final do século XVI.
Fotografias: @photopaulomarques

Sugestões relacionadas