Descobrir Portugal
Arcos de Valdevez — História e Religião
Roteiro
  • História e Cultura

Arcos de Valdevez — História e Religião

Banhada pelo bonito rio Vez e com milénios de história a marcar os seus edifícios e ruas, Arcos de Valdevez oferece uma viagem ao passado da região minhota. Siga este roteiro e parta à descoberta desta vila raiana.

27 de outubro 2017
Rencontro de Valdevez

Dia1

A Igreja de São Paio, também conhecida por Igreja Paroquial de Arcos de Valdevez, é o ponto de partida para um passeio pela vila minhota.
Situado do lado esquerdo do rio Vez, o templo data de finais do séc. XVIII. Antes de seguir viagem para o centro histórico, repare na torre sineira e em todos os detalhes da fachada.
Pode fazer a passagem para a outra margem seguindo pela ponte centenária, mesmo junto à Ínsua do Vez, local muito procurado nos meses de verão e onde fica o monumento ao Rencontro de Valdevez. A estátua de bronze assinala o confronto entre os exércitos de Afonso Henriques e Afonso VII de Leão e Castela.

Igreja da Misericórdia

Agora siga pela Rua Amorim Soares até à Igreja da Misericórdia. Fundado em 1595, o templo foi alvo de inúmeras intervenções e hoje inclui uma biblioteca e um cruzeiro junto à fachada sul.
Entre na igreja constituída por uma nave única, para apreciar as pinturas do tecto, todos os detalhes em dourado e o coro-alto onde se encontra o órgão.

Igreja da Lapa

Arcos de Valdevez é constituída por inúmeros templos religiosos e a Igreja da Lapa, no largo com o mesmo nome, é o próximo ponto de paragem. Edificada no séc. XVIII, conta com a assinatura do arquiteto bracarense André Soares.
No interior, observe os retábulos dourados iluminados pela luz natural que emana de várias janelas e do óculo central.
No exterior, existe um relógio de água, considerado um dos ex-libris do centro histórico.

Pelourinho

Caminhe até aos Paços do Concelho. Localizado na Praça Municipal, aprecie a arquitetura deste edifício e do pelourinho mesmo em frente.
A coluna de pedra foi construída após a atribuição do foral por D. Manuel I, em 1515. Durante séculos foi colocado em diversos locais da vila, mas, em 1998, voltou ao seu lugar de origem.
Este é um exemplar singular, quer pela sua construção, quer pelo facto de ser dos poucos que apresenta o nome do canteiro gravado.
Não saia daqui sem espreitar a Capela de Nossa Senhora da Conceição, um dos monumentos mais antigos de Arcos de Valdevez — a sua construção data do início do séc. XV.

Igreja do Espírito Santo

Nas imediações da Praça Municipal encontra a Igreja Matriz de Arcos de Valdevez, junto ao Jardim dos Centenários, o local perfeito para descansar as pernas.
Recuperadas as forças, vá conhecer a Igreja do Espírito Santo. Este é um dos templos barrocos mais importantes da vila e um dos mais relevantes da região norte do país. 

Paço de Giela

O Paço de Giela é o local escolhido para terminar a visita a Arcos de Valdevez. É caso para dizer que guardámos o melhor para o fim!
Da Igreja do Espírito Santo até lá são cerca de 2 km, mas a viagem vale a pena. Exemplar notável de arquitetura medieval, esta “casa-torre” — em perfeito estado de conservação — guarda no interior um museu de três pisos dedicado à arqueologia e aos achados que testemunham a ocupação milenar da região, ao passado daquele monumento e ao denominado “Recontro de Valdevez”, ocorrido em 1141.
O Paço de Giela está aberto de terça-feira a domingo, das 10H00 às 13H00 e das 14H00 às 18H00. O bilhete custa 1€, sendo gratuito para crianças até aos 12 anos.

Fotografias: Wikimedia Commons
Desafio

O Arcoense

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Ínsua do Vez
  • Igreja do Espírito Santos, Arcos de Valdevez
  • Paço de Giela

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Programas relacionados

Ver mais Programas

Sugestões relacionadas