Descobrir Portugal
Peniche Para Lá das Ondas
Roteiro
  • História e Cultura
  • Família

Peniche Para Lá das Ondas

Capital da onda e terra de sardinha, Peniche tornou-se num local obrigatório de passagem para os amantes do mar. Mas esta cidade da região oeste tem outros pontos de interesse que vale a pena descobrir neste roteiro de um dia.

19 de novembro 2015
Estátua da Rendilheira

Dia1

O Parque do Baluarte é o primeiro ponto de paragem, perfeito para um passeio matinal. Passe pela pequena cascata e suba as escadas no lado direito para o topo da muralha e o primeiro vislumbre sobre o centro de Peniche. Volte para o jardim e vá até à Estátua da Rendilheira, símbolo de uma das artes mais ancestrais de Peniche: a renda de bilros. Pelo caminho vai ainda encontrar um parque infantil, paragem obrigatória se for com crianças.

Igreja da Misericórdia

Siga pela Rua José Estevão até ao Largo 5 de Outubro. Aqui a Igreja da Misericórdia com a sua Torre do Relógio marca as horas dos penicheiros desde 1697. No seu interior o teto é revestido por 55 painéis que ilustram cenas do Antigo e Novo Testamento, bem como paredes cobertas de azulejos do séc. XVII. Se tomou o pequeno-almoço cedo não deixe de parar na Pastelaria Brismar, mesmo ao lado da igreja. É fã de amêndoa? Então delicie-se com os doces tradicionais locais: os Amigos de Peniche e os Esses.

Igreja de São Pedro

Continue pela mesma rua até chegar à Igreja de São Pedro, o maior templo da povoação. Construída no final do séc. XVI, a sua torre foi durante séculos orientação para as embarcações pesqueiras. No interior há vários altares em talha dourada barroca e telas do pintor Pedro Peixoto datadas de 1711.

Fortaleza de Peniche

Para a frente é que é caminho e quando chegar ao final da Rua José Estevão estará no Campo da República, às portas da Fortaleza de Peniche. Este forte, em conjunto com o Forte S. João Baptista (Ilha da Berlenga) e o Forte da Consolação constituíram o sistema defensivo da região, no séc. XVII. Esta fortaleza ganhou também fama na história democrática portuguesa ao ter sido transformada em prisão política do Estado Novo. No 3º andar do museu vai encontrar o sector da Resistência Anti-Fascista onde ficará a conhecer como era a vida dos presos naquela altura e ver inclusivamente a cela onde Álvaro Cunhal esteve detido. Mas porque falamos do Museu de Peniche (entrada: 1,60€) pelo caminho conheça a história da cidade e a sua tradição pesqueira, podendo ainda visitar o espólio do Arq. Paulino Montez, o Corredor de Conquiliogia e a Sala da Renda de Bilros.

Porto de Recreio de Peniche

O Porto de Recreio fica mesmo ao lado da fortaleza. É daqui que partem as embarcações em direção à Berlenga. Mas esse é outro roteiro. Para já, passeie pelo calçadão e aprecie as várias embarcações por ali atracadas. Já ganhou fome para o almoço? Está em Peniche por isso o peixe é quase obrigatório e muitos são os restaurantes na Avenida do Mar que o servem bem fresco. Experimente no restaurante “A Sardinha”, na Rua Vasco da Gama, alguma da gastronomia típica da região.

Farol do Cabo Carvoeiro

Vamos pegar no carro. São cerca de 10 minutos pela Estrada Marginal Sul até ao Farol do Cabo Carvoeiro. Este farol, mandado construir em 1758, é um dos mais antigos do país ainda em funcionamento. A sua construção veio da necessidade de sinalizar uma zona da costa com elevado risco de naufrágio.

Furna que sopra

Encontra-se agora na zona do Cabo Carvoeiro, conhecido pelas suas formações geológicas. Aqui as falésias escondem verdadeiros tesouros. Seguindo pela Estrada Marginal Norte várias tabuletas vão marcando pontos de interesse: o Carreiro da Furninha, os Paços de Dona Leonor, a Cova da Dominique, a Furna que Sopra. Esta última é uma verdadeira descoberta! Uma saída na rocha que sopra vento, oriundo da furna em baixo, à medida que as ondas entram. Todos estes locais estão assinalados com um peixe amarelo mas a visita não é recomendada a pessoas com pouca mobilidade ou com vertigens. Vale a pena descobri-los em dias de bom tempo e mar mais calmo.

Capela de Nossa Senhora dos Remédios

A meio da Estrada Marginal Norte encontra ainda a Capela de Nossa Senhora dos Remédios. Esta pequena igreja teve a sua origem na lenda da imagem de Nossa Senhora dos Remédios que terá sido descoberta no séc. XII escondida numa pequena caverna. Entre para apreciar os painéis de azulejos setecentistas evocando episódios da vida de Nossa Senhora.

Ilhéu da Papôa

Seguindo a marginal vire na tabuleta que indica o Porto da Areia Norte em direção ao Ilhéu da Papôa. Este é um local muito procurado para a pesca, mas é também daqui que poderá ter uma bonita vista para o mar, a Berlenga e o inicio da Praia do Baleal. Em dias de ondas grandes pode até ver aqui alguns surfistas mais aventureiros.

Ilha do Baleal

Abandone o interior das muralhas em direção à Ilha do Baleal. A praia ao lado da estrada de acesso à ilha é ideal para fazer surf. Mas se este não é o seu desporto, pode sempre optar por terminar o dia num dos bares e restaurantes com esplanada.

Desafio

O Amigo de Peniche

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Estátua da Rendilheira
  • Igreja da Misericórdia de Peniche
  • Igreja de São Pedro
  • Fortaleza de Peniche
  • Farol do Cabo Carvoeiro
  • Capela de Nossa Senhora dos Remédios
  • Ilha do Baleal

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Programas relacionados

Ver mais Programas

Sugestões relacionadas