Descobrir Portugal
Tomar — Por Terras dos Templários
Roteiro
  • Família
  • História e Cultura

Tomar — Por Terras dos Templários

Fomos passar um dia a Tomar. Visitámos o Convento e a Sinagoga, atravessámos a Ponte Velha, passeámos pelo Mouchão e enchemos a barriga de doces.

21 de janeiro 2016
MUSEU DOS FÓSFOROS

Dia1

Uma vez chegado a Tomar, o nosso conselho é que estacione o carro no largo junto ao tribunal. Primeira paragem — Museu dos Fósforos.
Ora aqui está um espaço museológico no mínimo peculiar. Instalado numa das alas do Convento de São Francisco, conta com mais de 40 mil caixas de fósforos — é a maior coleção filumenista da Europa — doadas por Aquiles da Mota, cidadão benemérito, em 1980. Expostas ao longo de sete salas, as caixas remetem para diferentes épocas e chegam de 127 países do mundo.
O Museu do Fósforo está aberto — e com entrada gratuita — de quarta a domingo entre as 10h00 e as 12h00 e as 14h00 e as 17h00 (horário de inverno).
Saímos do pátio e imediatamente avistamos a Igreja de São Francisco que foi construída no século XVII e acolheu frades franciscanos vindos de Santa Cita. 

SINAGOGA DE TOMAR

Seguimos agora em direção à Praça da República. Pelo caminho encontramos dois importantes espaços da cidade de Tomar — a Sinagoga e o Cine-Teatro Paraíso. O primeiro é o único templo judaico construído no século XV que ainda subsiste em Portugal. É ali que está instalado o Museu Luso-Hebraico de Abraão Zacuto (figura de renome da cultura judaísta no período medieval) e que reúne no seu espólio diversos objetos relacionado com esta religião, como moedas, lápides e até uma “Mikva”, um sistema usado para o aquecimento de água.
A Sinagoga fica na antiga judiaria e recebe visitantes (gratuitamente) de terça a domingo.
Já o Cine-Teatro Paraíso, fica na esquina que liga as ruas Infantaria 15 e Pedro Dias e continua a ser uma das referências culturais de Tomar. 

PRAÇA DA REPÚBLICA

Eis-nos, agora sim, chegados à Praça da República. É aqui que encontramos a Câmara Municipal, no topo do rossio, encimada pelo Castelo de Tomar, mandado edificar por Gualdim Pais que tem lugar de destaque no centro da praça. Foi também o Mestre da Ordem dos Templários quem fundou a cidade.
Em frente à estátua, a Igreja de São João Batista, mandada construir por D. Manuel I no século XVI. O cunho do monarca é bem visível na torre da igreja, abaixo do relógio. Estão lá a Cruz de Cristo, o Brasão Real e a Esfera Armilar.
Se estiver bom tempo, deixe-se ficar por uma das várias esplanadas da praça a beber um café. Uns minutos depois, seguimos com o nosso roteiro. Se não se sentou na praça, aproveite agora para o fazer no Parque do Mouchão.

PARQUE DO MOUCHÃO

É um dos ex-libris de Tomar e assim que lá se entra percebe-se bem porquê. Para além de ser um verdadeiro pulmão da cidade, o Parque do Mouchão é um espaço lúdico muito agradável e com pormenores curiosos como são os casos da Roda do Mouchão, feita em madeira e com funcionamento hidráulico, e da estátua de Fernando Lopes Graça e Nini Ferreira, dois ilustres filhos da terra, que “conversam” descontraidamente num dos bancos do jardim.  Saia desta ilha verde e percorra a Ponte D. Manuel I, também conhecida como Ponte Velha, cuja origem remonta à época romana. À saída da ponte, do lado esquerdo, repare na Levada de Tomar, um conjunto de edifícios que engloba antigos moinhos e lagares.
E como estamos na hora de almoço, deixamos-lhe uma sugestão ali bem perto — a Tasquinha da Mitas. Um espaço muito simpático onde reina a gastronomia regional oriunda de todo o país. 

DOÇARIA DE TOMAR

Claro está que não pode sair de Tomar sem provar os doces da terra. E nesta cidade tem muito por onde escolher. A Doçaria Estrelas de Tomar dedica-se, já há várias décadas, à produção da doçaria nabantina e é, por isso, o melhor local para comprar uma caixa (ou várias!) de bolinhos. Há os “Beija-me Depressa” feitos com muitos ovos, açúcar e carinho, os Queijinhos Doces, elaborados à base de amêndoas, as Estrelas de Tomar, umas queijadas de comer e chorar por mais, e as famosas Fatias de Tomar.
Todas estas gulodices estão à venda na Doçaria Estrelas de Tomar que fica na Rua Serpa Pinto. E garantimos-lhe que é mesmo a melhor recordação que pode levar da cidade do Nabão. 

CONVENTO DE CRISTO

É agora tempo de voltar a pegar no carro e rumar ao Castelo e Convento de Cristo, Património Mundial da UNESCO desde 1983. Atualmente, de todo o conjunto, apenas pode ser visitado o convento e as muralhas do castelo (o seu interior está encerrado por questões de segurança).
O início da sua construção data do século XII, tendo acolhido primeiro a Ordem dos Templários e, depois de 1357, a Ordem de Cristo. A melhor forma para visitar o Convento (entrada – 6€) será seguindo as placas informativas que o levam numa verdadeira viagem no tempo. Há dois elementos incontornáveis — a Janela Manuelina, encaixada numa fachada que é, ela própria, um hino à arte; e a Charola Templária, oratório da ordem, repleta de retábulos, pinturas e esculturas evocativas da história religiosa.
Antes de abandonar o convento, passe pela loja que, para além das souvenirs temáticas, também tem para venda uma grande variedade de produtos gourmet. Já no exterior, junto à entrada do castelo, despeça-se de Tomar com a magnifica vista sobre a cidade.

ANTA DO VALE DO LAJE

Despeça-se mas apenas da urbe porque ainda há dois locais para visitar. Saia de Tomar a apanhe a estrada nacional com direção a Santa Cita. Ainda são uns bons 15 km (passe a localidade de Alverangel) até encontrar uma placa que diz “Vale da Laje”. É para aí que queremos ir. Depois de uns minutos em estrada de terra batida chegamos àquele que é o mais antigo monumento funerário megalítico da região a norte do Rio Tejo.  A anta tem mais de 7 mil e 500 anos e foi descoberta no início da década de 1990. Merece a visita.
E já que estamos tão perto, vamos espreitar a Barragem do Castelo do Bode. Admirar o Zêzere ao final do dia é uma belíssima forma de dizermos adeus a Tomar. 

Desafio

O Templário

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Museu dos Fósforos
  • Praça da República de Tomar
  • Convento de Cristo

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Programas relacionados

Ver mais Programas

Sugestões relacionadas