Descobrir Portugal
Um Dia de Viagem Por Póvoa de Lanhoso
Roteiro
  • História e Cultura

Um Dia de Viagem Por Póvoa de Lanhoso

Situada no distrito de Braga, Póvoa de Lanhoso é conhecida pelo seu castelo, mas também pelo trabalho dos ourives locais ou por ser a terra que viu nascer Maria da Fonte. Se tem um dia para visitar as terras de Lanhoso, este é o roteiro a fazer.

06 de dezembro 2019
Castelo de Lanhoso

Dia1

Erguido no topo do Monte de Pilar, o Castelo de Lanhoso é o maior símbolo da localidade.
Datado do século XI, a fortaleza, invencível à época, permitia o controlo dos vales dos rios Ave e Cávado que faziam a ligação aos grandes centros de poder e comércio conhecidos como Bracara Augusta (Braga) e Vimaranes (Guimarães).
Este monumento nacional, classificado em 1910, é hoje um testemunho da história portuguesa. Terá servido de refúgio a Teresa de Leão, mãe de D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal.
No Centro de Interpretação, no interior do castelo, pode conhecer o passado desta fortaleza militar e do Monte do Pilar, onde se encontra.
Santuário da Nossa Senhora do Pilar

No final do século XVII, André da Silva Machado, comerciante abastado do Porto, decidiu erguer uma réplica do Bom Jesus de Braga.
Com o fim da função militar do castelo e consequente abandono, parte da pedra das muralhas foram retiradas e utilizadas para construção do santuário.
Situado nas imediações do castelo, o Santuário da Nossa Senhora do Pilar é composto por cinco capelas de via-sacra representando alguns passos do Calvário de Jesus.
Castro de Lanhoso

Ainda no Monte de Pilar encontra o Castro de Lanhoso, o testemunho de um povoado que via naquela elevação natural uma forma de defesa.
Os trabalhos arqueológicos desenvolvidos naquele local ao longo do século XX permitiram detetar vários momentos de ocupação humana que remontam até antes da romanização.
Em 2011, o Município de Póvoa de Lanhoso ergueu ali três estruturas habitacionais que representam as casas castrejas. Para além dessas construções, é ainda possível embarcar num percurso interpretativo sobre o Castro de Lanhoso.
Centro Interpretativo Maria da Fonte

Já no centro da vila, junto ao Largo António Ferreira Lopes, fica o Centro Interpretativo da Maria da Fonte. Composto por dois edifícios junto ao Theatro Club, o CIMF pretende desmistificar a figura heroica de Maria da Fonte, lançando luz sobre o que esteve na origem do movimento contestatário liberal de 1846.
Para tal, conta com uma sala de interpretação com recurso a soluções interativas, bem como de exposições etnográficas e documentais.
Igreja de Fontarcada

Na freguesia de Fontarcada, esta igreja de arquitetura românica data de finais do século XIII, havendo, contudo, registos que remontam ao século XI e que dão conta da existência de um antigo mosteiro naquele mesmo local.
Considerada Monumento Nacional em 1910, no exterior da Igreja de Fontarcada destaca-se a rosácea e o pórtico de três arquivoltas. Já no interior, espera o visitante uma nave coberta de madeira e uma capela abobadada.
Santuário da Nossa Senhora do Porto de Ave

Situado na freguesia de Taíde, o Santuário da Nossa Senhora do Porto de Ave, para além da igreja, incluí um importante museu de arte sacra popular, bem como uma via-sacra com capelas dedicadas à vida da Virgem Maria.
No interior da igreja é possível apreciar  um conjunto de azulejos joaninos azuis e brancos, do século XVIII, retratando também cenas da vida da Virgem e do nascimento de Jesus. Destaque ainda para a talha dourada que reveste o altar de Arte Barroca.
Museu do Ouro de Travassos

Inaugurado em 2011, o Museu do Ouro surgiu para valorizar e dignificar o trabalho artesanal do ouro.
Localizado em Travassos, freguesia que se destaca pelo número de oficinas artesanais em funcionamento, este núcleo expositivo leva-o numa viagem pela história, instrumentos e técnicas de trabalho do ouro em terras de Lanhoso.
A criação do Museu do Ouro surgiu pela vontade de Francisco de Carvalho e Sousa, ourives que durante anos recolheu o espólio e os documentos que hoje podem ser conhecidos neste espaço.
Ponte de Mem Gutierres

Termine o dia com um olhar sobre a Ponte de Mem Gutierres, em Esperança.
Monumento Nacional desde 1910, a Ponte da Esperança, como também é conhecida, serve de passagem sobre o Rio Ave e a sua existência está associada a lendas que alegam o poder de conferir fertilidade às mulheres.
Fotografias: ©Município de Póvoa de Lanhoso
Desafio

O Lanhosense

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Castelo de Lanhoso
  • Largo António Ferreira Lopes
  • Igreja de Fontarcada
  • Santuário da Nossa Senhora do Porto de Ave
  • Museu do Ouro de Travassos
  • Ponte de Mem Gutierres

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Sugestões relacionadas