4 tradições para seguir na Páscoa — Via Verde
Descobrir Portugal
Tradições de Páscoa
Top
  • Gastronomia e Vinhos
  • História e Cultura
  • Família

4 tradições para seguir na Páscoa

A Páscoa faz-se de tradições e nem precisa de sair de casa para participar nelas. Do peixe ao cabrito, das procissões às brincadeiras de criança, celebre a data da melhor maneira.

29 de março 2021
1 Sexta-feira Santa sem carne

Sexta-feira Santa sem carne

A Sexta-feira Santa é identificada pela Igreja Católica como o dia para recordar a morte de Jesus Cristo. Para além das cerimónias religiosas realizadas nesta data, dita a tradição que não se deve comer carne.
Por isso, é frequente ver sobre qualquer mesa portuguesa pratos que têm o peixe como ingrediente principal.
Se há alguns que preferem manter o costume de tomar uma refeição simples, outros aproveitam para explorar algumas iguarias nacionais.
No litoral o peixe grelhado é o caminho a seguir, mas há outras regiões que destacam a sua gastronomia, como é o caso do Alentejo com a Alhada de Cação ou a Açorda. Já para não falar das mil e uma receitas de bacalhau que ganham forma por esta altura.
2 Procissão Ecce Homo

Procissões de norte a sul

As procissões católicas marcam a Semana Santa, multiplicando-se esta forma de celebração religiosa por todo o país.
Braga é uma das localidades onde a época pascal assume larga importância. Por esta altura, a cidade dos bispos apresenta-se enfeitada de flores, faixas roxas e altares. Também os cortejos religiosos são vários na Semana Santa bracarense, desde a Procissão dos Passos, da “Burrinha”, do Ecce Homo, e a Procissão do Enterro do Senhor.
Este ano, respeitando as regras impostas pela situação pandémica, as mesmas terão transmissão online.
Quem também assinala a data com um programa de atividades entre a igreja matriz e as plataformas online é Castelo de Vide.
A vila alentejana é sobejamente conhecida pelas tradições pascais, como a Bênção dos Cordeiros e as Chocalhadas. Esta última enche as ruas de Castelo de Vide de residentes e visitantes a tocarem chocalhos, guizos ou sinos. Este ano, o apelo é que fique em casa e faça barulho da janela, da varanda, ou da porta da rua.
3 Caça ao ovo da Páscoa

Caça ao ovo da Páscoa

A tradição é importada, mas ganha cada vez mais expressão entre os mais novos. Com a oferta de ovos de chocolate ou amêndoas da Páscoa, surgem mais atividades para entreter as crianças. Mesmo ficando em casa.
Há quem se entretenha com todo o processo de pintar os ovos de galinha e depois escondê-los, ou quem o faça com ovos de chocolate. A opção é sua.
Há também quem lance uma caça ao ovo virtual, como é o caso do Jardim Zoológico de Lisboa, que desafia miúdos e graúdos a, no dia 31 de março, ir à procura dos ovos espalhados pelo parque.
4 Folar de Páscoa

Domingo de Páscoa com iguarias sem fim

Se na Sexta-feira Santa a palavra de ordem é ser contido, no Domingo de Páscoa a mesa é farta e cheia de iguarias tradicionais.
O cabrito e o folar são uma constante por todo o país, embora a sua confeção varie. Mas há outros pratos que não deixam ninguém indiferente, como o Bolo de Margaride de Felgueiras; os Borrachos de Valença do Minho; as Empanadilhas ou os Bolos de Azeite da Covilhã; o Sarapatel de Castelo de Vide; ou o Folhar de Folhas de Olhão.

Sugestões relacionadas