Descobrir Portugal
O Que Visitar Em Chaves: 5 Castelos e Fortes a Não Perder
Top
  • História e Cultura

O Que Visitar Em Chaves: 5 Castelos e Fortes a Não Perder

Posicionada junto ao Rio Tâmega, paredes-meias com a fronteira espanhola, Chaves chegou a ter, em tempos, grande relevância em termos militares. A comprová-lo estão castelos e fortes que ainda hoje são um testemunho dessa história.

03 de fevereiro 2020
1 Torre de Menagem do Castelo de Chaves

Torre de Menagem do Castelo de Chaves

Se anda à procura do que fazer em Chaves, a Torre de Menagem do Castelo pode bem ser o ponto de partida.
Classificada como Monumento Nacional desde 1938, esta torre está rodeada por um jardim muralhado e “guardado” por canhões.
A estrutura terá sido construída durante o reinado de D. Dinis apesar do castelo ter sido edificado por ordem de D. Afonso III. No seu interior funciona o Museu Militar.
Daqui tem igualmente uma bonita vista panorâmica sobre o vale de Chaves.
2 Castelo de Monforte de Rio Livre

Castelo de Monforte de Rio Livre

A vila de Monforte de Rio Livre e respetivo castelo estiveram sob a alçada do príncipe D. Francisco, irmão do rei D. João V.
A estrutura, cuja construção data de finais do século XIII, servia como proteção a edifícios como a Casa da Câmara, a igreja e a capela de Nossa Senhora do Prado.
Da edificação resta hoje a torre de menagem, construída em 1312, e parte da muralha que delimita um pátio retangular.

O Castelo de Monforte de Rio Livre eleva-se sobre as escarpas da Serra do Brunheiro, o que lhe conferia uma posição privilegiada sobre o território.

3 Castelo de Santo Estevão

Castelo de Santo Estevão

Em Santo Estevão surge outro castelo que vale a pena ver se estiver a visitar Chaves.
Apesar dos castelos e fortes estarem sempre associados a uma função militar, o Castelo de Santo Estevão parece ter tido mais uma função residencial.
Localizado a 5 km da cidade de Chaves, este castelo esteve na posse espanhola durante muito tempo, até que foi restituído à coroa portuguesa em 1231.
A torre que pode ser vista é, muitas vezes, comparada a outras estruturas do seu género em território galego, como as torres da Pena na Portela, ou da Forxa na Porqueira, em Orense.
4 Forte de São Francisco

Forte de São Francisco

O Forte de Nossa Senhora do Rosário, mais conhecido como Forte de São Francisco de Chaves, começou por ser um convento. Datado de início do século XV, acabaria por evoluir para para uma função mais militar e de defesa do território, quer na Guerra da Restauração da Independência, quer na Guerra Peninsular.
Ditou o tempo que acabasse por cair na ruína, sendo recuperado no século XX e transformado  numa unidade hoteleira.
Erguido na colina da Pedisqueira, assomando-se ao Rio Tâmega e perto da antiga ponte romana, foi classificado Monumento Nacional em 1938.
5 Forte de São Neutel

Forte de São Neutel

Outro dos locais a visitar em Chaves é o Forte de São Neutel.
Situado num outeiro da parte norte da freguesia de Santa Maria Maior e com uma arquitetura militar seiscentista, carateriza-se pela dupla linha defensiva e o fosso interno. Uma configuração que se assemelha ao Forte de São Francisco e ao Forte de São João da Barra, em Tavira, todos construídos durante a Guerra da Restauração.
O Forte de São Neutel é, em conjunto com o Castelo de Chaves, Monumento Nacional desde 1938. Chegou mesmo a acolher refugiados durante a Guerra Civil espanhola, entre 1936 e 1939.
Desafio

Chaves do Castelo

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Torre de Menagem — Castelo de Chaves
  • Castelo de Monforte de Rio Livre
  • Castelo de São Estevão
  • Forte de São Francisco
  • Forte de São Neutel

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Sugestões relacionadas