Descobrir Portugal
Elvas – A Chave do Reino
Artigo
  • Família
  • História e Cultura

Elvas – A Chave do Reino

Património Mundial da Unesco, Elvas eleva-se com as suas fortificações, mesmo à beira do país vizinho. A cidade raiana, que já foi cidade-quartel, tem o nome escrito na história militar de Portugal e na construção da identidade nacional.

08 de janeiro 2016

A 8 km da cidade espanhola de Badajoz, Elvas surge na região do Alentejo com o maior conjunto de fortificações abaluartadas do mundo.

Vista a partir do Forte da Graça

Desenhada por linhas e ângulos, esta cidade fronteiriça foi ponto estratégico da proteção do território nacional. Uma estrutura defensiva em forma de estrela, fundada no reinado de D. Sancho II, apenas perceptível no seu conjunto por vista aérea.

Abrangendo um perímetro de quase 10 km, Elvas agrega um rico património militar que resistiu à passagem do tempo e que levou a que, em 2012, fosse considerada Património Mundial da Unesco.

Aqueduto da Amoreira

Edifícios Que Contam Histórias

Uma das estruturas que se destaca na cidade é o Aqueduto da Amoreira. Construído entre 1530 e 1622, era dele que dependia o abastecimento de água da cidade, transportada pelos 1367 metros de galerias subterrâneas e os mais de 5 km de canais à superfície.

Esta obra, nascida do traço do arquiteto Francisco de Arruda, o mesmo da Torre de Belém, em Lisboa, eleva-se para os céus de Elvas com arcadas que superam os 30 metros de altura.

Também o Forte da Graça é um fenómeno da arquitetura militar do séc. XVII, considerado por muitos como uma das mais poderosas fortalezas do mundo.

No conjunto de edifícios considerados património mundial estão ainda o Forte de Santa Luzia – que hoje alberga o Museu Militar e o Centro Interpretativo do Património –, as muralhas que circulam a cidade e três fortins: São Pedro, São Mamede e São Domingos.

Forte da Graça

Estilos e Sabores Fronteiriços

No centro histórico da antiga praça-forte qualquer rua esconde um palacete, uma casa importante, um monumento. Todos compõem a história e cultura desta cidade.

O património religioso está marcado por igrejas e conventos que cruzam os mais variados estilos arquitetónicos: gótico, romântico, rococó, manuelino ou barroco.

E nenhuma visita às fortificações estará completa sem se deliciar com os doces conventuais, como a sericaia acompanhada pela ameixa de Elvas, ou a gastronomia regional, como o bacalhau dourado.

Desafio

O Soldado de Elvas

Faça check-in com a App Via Verde e suba no ranking
Pontos de check-in:
  • Centro Histórico de Elvas

para ver os check-ins já feitos.

Ao completar Desafios, pode ganhar portagens gratuitas!

Programas relacionados

Ver mais Programas

Sugestões relacionadas