Serviço Autoestradas

A sua viagem só para no destino

Com a Via Verde, não espera nas filas da portagem nem precisa de ter dinheiro à mão. Só vai parar quando quiser.

Como usar a Via Verde nas portagens

Afixe o identificador no interior do para-brisas da viatura. Não se esqueça: o identificador tem de estar associado a um cartão de débito.

Nas portagens com barreiras, use as vias identificadas com o símbolo Via Verde. Por questões de segurança, deverá reduzir a velocidade, cumprindo os limites indicados no local.

Ao sair da autoestrada, consulte no leitor o valor debitado através da sua conta Via Verde.

O reconhecimento é seguro e eficaz

Entrada Antena regista no identificador:

Portagem, data e hora.

Saida Antena lê do identificador:

Portagem, data e hora entrada; identificador e classe da viatura.

Perguntas frequentes

O meu identificador serve para todas as autoestradas portuguesas?

Sim. Os identificadores Via Verde podem ser utilizados em qualquer concessão com portagem em território português, desde que devidamente associados a um cartão de débito e matrícula.

Ver mais

O que faço se o semáforo da portagem acender a luz amarela?

Comece por verificar se tem algum alerta em A Minha Via Verde > Centro de Mensagens, através do site ou App Via Verde.

Se ainda não tiver nenhum alerta, verifique por favor, cada uma das seguintes questões:

1.1 Se está a utilizar a Via Verde pela primeira vez ou necessita ativar nova referência multibanco, deverá fazer a ativação do identificador. Ver o vídeo

- Inserir o cartão Multibanco associado à conta onde pretende efetuar os débitos Via Verde
- Selecionar as opções Pagamento e Outros Serviços > Transportes > Via Verde > Ativação
- Inserir a referência de pagamento
- Concluir a operação

Sugerimos que  confirme junto do seu banco se esta operação é possível através do homebanking.
A ativação de cartão poderá demorar 2 ou 3 dias a efetivar-se.

1.2 Se o cartão de débito associado está válido para pagamento. Caso não esteja, deverá fazer a substituição num terminal Multibanco. Ver o vídeo

- Inserir o cartão Multibanco associado à conta onde pretende efetuar os débitos Via Verde
- Selecionar as opções Pagamento e Outros Serviços > Transportes > Via Verde > Substituição
- Inserir a referência de pagamento
- Concluir a operação

Sugerimos que  confirme junto do seu banco se esta operação é possível através do homebanking.
A ativação de cartão poderá demorar 2 ou 3 dias a efetivar-se.

2. Se a matricula do veículo que utilizou está associada ao seu identificador. Pode verificar e alterar a matrícula em A Minha Via Verde > Viaturas e Identificadores. Ver vídeo.

3. Se o identificador está corretamente colocado no para-brisas do seu veiculo, ou no caso dos motociclos, na bolsa disponibilizada. Saiba todos os passos para a correta colocação do identificador aqui.

4. Se pretender antecipadamente substituir o identificador, mas a opção "Substituir Identificador" ainda não tiver disponivel em A Minha Via Verde, deve aguardar o contacto do Serviço ao Cliente.

Para mais dúvidas, veja o que fazer se o semáforo acender a luz amarela neste vídeo.

Caso tenha efetuado apenas uma passagem com sinalização amarela e desde que com viatura associada ao identificador em causa, não se preocupe, a Via Verde irá contactá-lo caso seja necessário.

 

Ver mais

Quais são os critérios utilizados para definição da classe de veículos?

As classes de veículos para efeitos de tarifas de portagem são, por ordem crescente do respetivo valor do tarifário, as seguintes:

  • Motociclos* e veículos com uma altura, medida à vertical do primeiro eixo, inferior a 1,10 m, com ou sem reboque.  
  • Veículos com dois eixos e uma altura, medida à vertical do primeiro eixo, igual ou superior a 1,10m.  
  • Veículos com três eixos e uma altura, medida à vertical do primeiro eixo, igual ou superior a 1,10m.  
  • Veículos com mais de três eixos e uma altura, medida à vertical do primeiro eixo, igual ou superior a 1,10m.  
Informamos ainda que os veículos com dois ou mais eixos (veículo e atrelado/caravana) e uma altura vertical do primeiro eixo, igual ou superior a 1,1m, são consideradas classe 2, 3 ou 4.
Ver mais